MULHERES PERFEITAS !!!


Foi apresentada na última terça-feira (16/05/06), a turma do 6º período de Administração Geral da FIR, uma palestra com Ricardo Caldas (Gerente de Marketing da Rede Globo). Foram abordados vários assuntos a respeito do crescimento dessa grande rede de televisão, que hoje de destaca com grande sucesso, frente aos demais canais abertos.

A reinvenção da TV aberta no Brasil, que até então possuía na TV Tupi sua maior representante, foi um dos grandes momentos da história do País. Inspirado em emissoras americanas, o jornalista Roberto Marinho resolveu implantar um novo modelo de TV aberta, que ao longo dos 40 anos da emissora, ficou conhecido como "padrão Globo de qualidade". O marketing utilizado pela Globo através das suas promoções e propagandas, procurou posicionar, segmentar e diferenciar os seus mais diversos serviços. Além de comprar grandes programas, passou a também produzir diversos produtos, entre eles: eventos, seriados, novelas e etc. Seu sucesso e repercussão não estão apenas direcionados no âmbito nacional, mas também internacionalmente, pois exporta seus programas para cerca de 130 países.

O segredo da empresa em relação às mudanças atuais foi lidar com essas transformações não necessariamente procurando mudar as pessoas, mas sim procurando entender e compreender uma nova forma de encarar o mundo a sua volta, sendo assim adotou uma forma de comunicação acessível para as mais variadas classes sociais, sendo assim hoje considerada a preferida dos Brasileiros.

                                          

"O composto de marketing, também chamado de 4Ps, é o conjunto de instrumentos à disposição do administrador para implementar uma estratégia de marketing. É formando pelos seguintes elementos:

  • Produto: refere-se a variedade do produto, qualidade, características, nome da marca, design, embalagem, tamanhos, serviços, garantias, devoluções etc.;
  • Preço: é composto pelo preço básico, descontos, prazos de pagamento, condições de crédito etc.;
  • Praça ou Ponto de Venda: diz respeito aos canais de distribuição (localizações), distribuição física (estoque), transporte, armazenagem etc;
  • Promoção: venda pessoal, propaganda, promoção de vendas, publicidade, relações públicas, marketing direto (mala direta, telemarketing) etc."

Dê acordo com a breve explanação feita, bem como através dos seus conhecimentos a respeito da Rede Globo de Televisão. Dê a sua opinião sobre o seu funcionamento e sua força no mercado publicitário, relacionando a sua postura com os 4 P´s de Marketing (Praça, preço, produto e promoção)



Escrito por Mulheres perfeitas às 18h45
[   ] [ envie esta mensagem ]





A Tecnologia de Informação e a Competitividade na Indústria de Produtos Médicos



As empresas nacionais ou mesmo as multinacionais instaladas há pelo menos uma década - atividades no período anterior ao governo Collor - nunca passaram por uma condição tão intensa de competitividade. Com a abertura do mercado brasileiro a produtos importados, novos referenciais de qualidade e preço foram impostos, provocando verdadeiras revoluções em nosso mercado consumidor como também em nosso ambiente produtivo. Durante a década de 90 além do contexto produtivo, várias mudanças comerciais foram também definidas pelos chamados blocos econômicos destacando-se em nosso continente o Mercosul. Se estivermos elevando o índice de modernização de nosso parque industrial, na área de saúde estamos ainda amargando um medíocre 125º posicionamento no ranking mundial entre 191 países pesquisados, segundo o relatório do sistema de Saúde Mundial 2000 da Organização Mundial de Saúde - OMS. Vários são os relatos sobre a dificuldade do acesso de nossa população ao sistema de saúde, seja por ineficiência deste sistema, seja pela deficiente educação de nossa população, seja pela fraca distribuição de renda que conduz à miséria.
Este relato visa a estudar a competitividade da Indústria Brasileira de Produtos Médicos através da análise da aplicação estratégica da Tecnologia de Informação - TI. O objetivo principal é analisar a aderência de aplicação da TI com o posicionamento estratégico de seus produtos e processos, como ainda analisar a utilização da TI no posicionamento perante competidores e economia adjacente. O modelo de competitividade desenvolvido por Joseph Pine (1994), o modelo de Cadeia de Valor definido por Michael Porter (1985) e ainda o Projeto Fatores Humanos e Tecnológicos da Competitividade (Quintella, 1997a) são o referencial teórico do presente estudo. As hipóteses levantadas foram testadas em 14 empresas com base em dois questionários aplicados simultaneamente nas áreas de marketing e tecnologia pelo próprio pesquisador. Conclui-se que, de uma forma geral, existe consistência estratégica da aplicação da TI com o posicionamento de produtos e processos nas empresas pesquisadas. Foi verificada ainda uma grande introspecção na aplicação destes recursos, porém não podemos inferir sobre um ineficiente posicionamento estratégico frente ao novo cenário competitivo, principalmente devido à forte regulação do governo neste segmento.

Com base nesse texto,gostaríamos que vocês comentassem a respeito desse assunto,Posicionamento,identificado neste exemplo.



Escrito por Mulheres perfeitas às 16h43
[   ] [ envie esta mensagem ]


[ ver mensagens anteriores ]


 
Histórico
  28/05/2006 a 03/06/2006
  21/05/2006 a 27/05/2006
  14/05/2006 a 20/05/2006
  30/04/2006 a 06/05/2006
  23/04/2006 a 29/04/2006
  26/03/2006 a 01/04/2006
  19/03/2006 a 25/03/2006
  12/03/2006 a 18/03/2006
  05/03/2006 a 11/03/2006
  26/02/2006 a 04/03/2006


Outros sites
  Marketing Empresarial
  Responsabilidade Social
  Revista
  Trailer
  Mensagens
Votação
  Dê uma nota para meu blog